São Paulo, 19 de Agosto de 2014 – O OPTe+, maior e-marketplace do mercado brasileiro, desenvolvido pela CSU (BM&FBovespa: CARD3), colocará em funcionamento a partir de julho o Vivo Compras, shopping corporativo online no qual 78,5 milhões de clientes da operadora de telefonia poderão adquirir mais de 600 mil produtos entre eletroeletrônicos, vestuário, itens de decoração, artigos esportivos, brinquedos, e outros. Com este lançamento, o OPTe+ eleva sua base de usuários para 93,5 milhões de pessoas.
“Além da grande variedade de produtos fornecidos pelas maiores marcas nacionais e internacionais, os usuários dos programas administrados pelo OPTe+ têm a possibilidade de comprar passagens em centenas de companhias aéreas, agendar hospedagens em mais de 85 mil hotéis e programar viagens com cerca de dois mil pacotes turísticos ao redor do mundo. Trata-se de uma das mais poderosas ferramentas de fidelização e geração de receitas adicionais do mercado brasileiro. Temos certeza que seu potencial de negócios terá papel fundamental no novo posicionamento e, consequentemente, na consolidação de todo o processo de retomada do crescimento intenso da companhia”, comenta Marcos Ribeiro Leite, presidente da CSU.
O acordo baseia-se em um modelo de profit sharing, de modo que tanto a CSU quanto a Vivo se beneficiarão do sucesso comercial desta parceira. O portal Vivo Compras estará no ar em julho, quando a operadora dará início a um plano de comunicação que estabelece ações durante o segundo semestre visando informar as ofertas para toda a sua base de clientes por meio de SMS, e-mails e outros canais. O OPTe+ desenvolveu e irá gerenciar o ambiente virtual, assim como toda a operação de retaguarda, incluindo tanto o suporte de atendimento ao consumidor quanto a entrega das mercadorias e sua logística reversa, em caso de necessidade.
“Com os contratos já firmados, conquistamos o potencial de venda de produtos e viagens em condições vantajosas para cerca de 93,5 milhões de usuários. No horizonte de cinco anos, estimamos que a plataforma OPTe+ apresente um volume financeiro de vendas de produtos físicos e viagens acima de R$ 600 milhões e assim seja capaz de gerar mais de R$ 60 milhões de faturamento para a CSU, com margens acima de 15%”, afirma o presidente da CSU.
O diretor executivo da CSU, Wanderval Pereira de Alencar, afirma que a flexibilidade é um dos principais diferencias competitivos do OPTe+. A ferramenta é oferecida ao mercado de duas maneiras distintas: O OPTe+ Loyalty, como solução de premiação para programas de fidelidade; e, como no caso Vivo Compras, o OPTe+ Shopping, na forma de oportunidade para as empresas lançarem seus próprios shoppings corporativos, visando novas fontes de receita e maior interação com sua base de clientes. “Nas duas modalidades, cada cliente pode moldar o funcionamento de acordo com suas necessidades O acesso ao ambiente de compras pode ser aberto ou restrito, as ofertas podem ser feitas para toda a base de usuários ou segmentadas por categorias e assim por diante. Esta disponibilidade de alternativas proporciona um suporte altamente eficiente e de baixo custo para os mais variados planejamentos estratégicos”, declara.
O diretor da CSU MarketSystem, unidade de negócios da CSU responsável pela atuação do OPTe+, Danilo Vasconcelos, informa que o OPTe+ é hoje o maior marketplace do mercado brasileiro e único multiâncora (com diversas marcas renomadas concorrentes integradas). “Com isso, conseguimos oferecer os melhores produtos e serviços com melhor preço e qualidade aos consumidores”, enfatiza.
Marcos Ribeiro Leite ressalta que o OPTe+ completou um ano de sua primeira operação em abril, e neste período já conquistou a confiança de grandes marcas como Vivo, AMBEV, Petrobrás, Porto Seguro, Banrisul, Banpará e Santos Futebol Clube.“Para um projeto com tão pouco tempo em funcionamento, este fato é surpreendente. A estratégia, a partir de agora, prevê um ambicioso plano de expansão de parceiros fornecedores que ampliará ainda mais a atratividade do e-maketplace no mercado. Desta forma, a receptividade ao conceito do OPTe+, que já tem sido a melhor possível, se tornará ainda maior. Por isso, as perspectivas de crescimento são altamente promissoras”, finaliza.

Fale com a CSU

Mensagem enviada com sucesso