Em uma época em que bancos e grandes varejistas não emitiam seus próprios cartões por falta de uma processadora apta à apoiá-los, Marcos Ribeiro Leite cria a CSU: maior companhia independente da América Latina especializada no processamento de meios eletrônicos de pagamento.

A consistente substituição de meios de pagamento como o papel moeda e o cheque pelos cartões de crédito, em linha à uma tendência verificada no Brasil de expansão de crédito ao consumidor e evolução tecnológica dos meios eletrônicos de pagamento e de sua credibilidade, tem impactado positivamente as empresas Administradoras de Cartões, e consequentemente, as processadoras de cartões e empresas que prestam serviços correlatos à essa atividade, como a CSU.

Com mais de 20 de atuação no mercado, a história da CSU se confunde com o desenvolvimento do mercado brasileiro de meios de pagamento, atualmente mais competitivo, altamente tecnológico e com níveis de sofisticação compatíveis aos mercados mais avançados do mundo.

A fim de acompanhar a evolução e o dinamismo do mercado, a CSU desenvolveu diferentes negócios e comprovou sua habilidade de inovação, ao se tornar uma empresa com um amplo portfólio de serviços.

A unidade CSU CardSystem, oferece aos clientes o processamento de cartões de crédito, private labels e cartões híbridos (cartões private labels com bandeira Visa ou MasterCard), além de serviços de processamentos aos adquirentes (CSU Acquirer), programas de fidelidade e relacionamento com clientes (CSU MarketSystem e OPTe+).

Por meio da unidade CSU Contact, a CSU integra o mercado de contact center do Brasil, um segmento que vem evoluindo nas últimas décadas, deixando de ser apenas um serviço acessório de suporte à vendas ou marketing, oferecidos através de um único canal de comunicação, o telefone, para se tornar uma opção de serviços integrados e complementares, como o atendimento ao consumidor (SAC), o telemarketing, suporte técnico, fidelização de clientes, vendas, cobrança e ativação, prestados por diversos canais.

Visando atender à uma demanda por inovação nesse mercado, a CSU desenvolveu sua mais nova alavanca operacional, a plataforma C360, criada para revolucionar o contato com os clientes. Trata-se de uma plataforma multimídia digital, que utiliza inteligência e alta tecnologia para acionar os clientes. O C360 é aplicável às áreas de marketing, vendas, cobrança, ativação de cartões e relacionamento com clientes.

A CSU também desenvolveu a unidade CSU ITS , que define a entrada da Companhia em um mercado com margens atraentes e elevada perspectiva de crescimento, o de terceirização de TI.

O atual cenário macroeconômico desafiador, cria novas oportunidades à CSU, na medida em que estimula as empresas à optarem cada vez mais pela terceirização de suas operações para empresas altamente especializadas. Além disso, o escopo de negócios full service possibilita a Companhia atuar em segmentos diferenciados do mercado, como bancos, financeiras, seguradoras, supermercados, telecomunicações, empresas de energia, lojas de departamento, distribuidoras de petróleo, empresas de cosméticos e diversos outros.

Os serviços ofertados pela CSU combinam os objetivos e estratégias de cada cliente com a capacidade tecnológica, mercadológica e operacional de cada uma de suas unidades de negócio.